DANÇAR FORRÓ AJUDA A MODELAR O CORPO E LIBERA ENDORFINA, DIZ EDUCADOR FÍSICO

0
76

Uma das festas mais tradicionais e populares do nordeste, o São João atrai muitas pessoas para as aulas de forró. Mas, quem vai a aula pensando em apenas aprender os giros para fazer bonito nos arrasta-pés, sai com muito mais benefícios. É que o tradicional ritmo nordestino, além de fazer sucesso nos “arraiás”, ajuda a queimar calorias.

Além disso, o ato de dançar é considerado uma das atividades mais completas que existe, pois promove o aumento da frequência cardíaca, melhora a capacidade respiratória e estimula a circulação do sangue. E para quem quer perder peso, a boa notícia é que em 1h de aula o gasto energético pode chegar a 500 calorias. Na academia hammer fitness club, o crescimento do número de alunos nas aulas teve início no final do mês de março e segue em alta.

De acordo com o professor Lucas Rafael, que dá aulas de forró nas unidades rosas e Pará, o número de alunos novos neste período é superior a 100%. Segundo ele, a prática do forró também contribui para modelar o corpo, ajudando a definir o abdômen, pernas, braços e até mesmo quadris, visto que os movimentos trabalham todos estes músculos e membros. Entre outros benefícios estão ainda a liberação de endorfina, substância responsável por proporcionar a sensação de prazer, estimulação do diálogo, da convivência e a troca de experiências, que ajudam a superar a timidez e elevar a autoestima, acrescenta Lucas Rafael.